11/02/2019 11h02

Deputado comenta prioridades da Frente Parlamentar da Agropecuária em 2019

Entre os temas mais urgentes a serem discutidos pelo colegiado está o fim do tabelamento dos fretes. Ouça na entrevista do novo coordenador da frente, deputado Alceu Moreira (MDB-RS)

Nesta nova legislatura, o fim do tabelamento dos fretes está entre os temas mais urgentes a serem discutidos pela Frente Parlamentar da Agropecuária, que já tem mais de 200 assinaturas para seu registro junto à Câmara dos Deputados e será relançada no dia 19 de fevereiro.

Para falar sobre as prioridades para os próximos quatro anos, o Painel Eletrônico convidou o novo coordenador da frente, deputado Alceu Moreira (MDB-RS).

Na entrevista, o parlamentar relembrou que a lei que criou o preço mínimo para o transporte de cargas está em vigor desde o início de agosto de 2018, como acordo para o fim da greve dos caminhoneiros, que parou o país.

Segundo Alceu Moreira, a frente parlamentar também debaterá o valor da multa para quem descumpriu a medida, que hoje chega a R$ 10,5 milhões. O que o deputado quer saber é se todos serão anistiados e quais critérios serão usados. Ainda segundo o deputado Alceu Moreira, a Frente Parlamentar da Agropecuária quer discutir o Código Florestal, para reduzir a burocracia e facilitar os licenciamentos ambientais e medidas para valorizar o agricultor, o homem do campo; além de discutir os juros indevidos para os agricultores.

Apresentação - Edson Júnior e Elisabel Ferriche