22/10/2018 09h56

Deputados e senadores criam Frente Parlamentar Mista em Defesa da Contagem Pública de Votos

Para falar sobre o assunto, o Painel Eletrônico convidou o presidente da frente parlamentar, o deputado Dagoberto Nogueira (PDT-MS). Ouça a íntegra da entrevista

Foi criada no Congresso Nacional a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Contagem Pública de Votos. A iniciativa da criação do colegiado tem o objetivo de contrapor o posicionamento do Judiciário, especialmente do TSE, que, em junho passado, decidiu, por oito votos a dois, derrubar o voto impresso nas eleições deste ano para eventual conferência dos resultados da disputa. A Corte superior eleitoral argumentou que a medida coloca em risco o sigilo do voto.

Para falar sobre o assunto, o Painel Eletrônico convidou o presidente da frente parlamentar, o deputado Dagoberto Nogueira (PDT-MS).

Na entrevista, o deputado disse que a frente parlamentar vai trabalhar para garantir a impressão do voto, não importa o custo da decisão. O parlamentar afirma que é preciso respeitar a minirreforma eleitoral de 2015, que estabeleceu a impressão de cada voto na urna eletrônica de forma automática e sem contato manual do eleitor, em local previamente lacrado. Dagoberto Nogueira também questionou os argumentos do TSE, de que a impressão do voto esbarra em várias dificuldades operacionais para ser implantada, e de que não haveria previsão orçamentária para a medida. Ele discorda, ainda, do argumento do STF de que a impressão do voto quebra o sigilo constitucional e que serviria para coagir a liberdade de escolha do eleitor.

O deputado Dagoberto Nogueira espera que a frente parlamentar não só se mantenha como se fortaleça até a próxima legislatura.

Apresentação - Edson Junior e Elisabel Ferriche