05/10/2018 10h34

Divulgação de fake news aumenta na reta final das eleições; saiba como não cair nessa

Em entrevista ao Painel Eletrônico, a presidente do Instituto Palavra Aberta, Patrícia Blanco, deu dicas de como identificar uma notícia falsa e evitar a disseminação

As notícias falsas têm provocado estrago nas campanhas de candidatos de todos os partidos e, principalmente, alimentado a desinformação. Nos últimos dias, elas tomaram conta nas redes sociais, como Facebook e WhatsApp.

Às vésperas das eleições, o Painel Eletrônico aborda novamente o assunto, para ajudar nossos ouvintes a identificar uma fake news. Para isso, convidamos Patrícia Blanco, presidente do Instituto Palavra Aberta, entidade sem fins lucrativos, para falar sobre o tema.

Na entrevista, ela destacou que cabe a cada um evitar a disseminação de notícias falsas e ter mais discernimento com o que lê e recebe. Patrícia Blanco afirma que o senso crítico é uma das principais armas de combate às fake news.

Nesse sentido, a presidente do Instituto Palavra Aberta recomenda, em primeiro lugar, ser cético a informações e não acreditar em tudo o que recebe. Patrícia Blanco também defende uma educação digital para evitar a proliferação de notícias falsas e uma maior fiscalização e punição para quem as dissemina. "É preciso ter noção dos benefícios e dos riscos da tecnologia e usá-la com responsabilidade", afirmou.

Apresentação - Elisabel Ferriche e Edson Junior