31/08/2018 10h46

Aplicativo lançado pelo TSE permite a eleitores denunciarem irregularidades nas eleições

Disponível para smartphones e tabletes, o aplicativo “Pardal” permite o registro de denúncias de propaganda irregular, compra de votos, uso da máquina pública, distribuição de brindes, dentre outras condutas vedadas no período eleitoral

O Tribunal Superior Eleitoral lançou a versão 2018 do aplicativo "Pardal", para smartphones e tabletes, que permite ao eleitor fiscalizar e denunciar infrações na campanha eleitoral relativas a propaganda irregular (como uso de outdoors, pintura do nome de candidatos em muros, entre outras); compra de voto; uso da máquina pública; além da distribuição de brindes (como bonés, camisetas e cestas básicas).

O aplicativo pode ser baixado gratuitamente e o eleitor pode contribuir enviando uma foto da irregularidade. Para fazer a denúncia, o eleitor deverá ser cadastrado, mas os dados serão resguardados. Após o registro no aplicativo, os tribunais eleitorais vão verificar a denúncia e terão poder de polícia para apreender o material distribuído irregularmente e abrir processo contra o candidato infrator, que será denunciado ao Ministério Público Federal.

Para apresentar detalhes dessa ferramenta cidadã, o Painel Eletrônico convidou o juiz da Comissão de Fiscalização da Propaganda Eleitoral, do Tribunal Regional do Distrito Federal, Pedro Yung Tay, que apelou para a participação do eleitor por uma eleição mais honesta e limpa. Ouça a entrevista completa.

Apresentação - Edson Júnior e Elisabel Ferriche