29/08/2018 13h04

Especialista explica cuidados necessários com o ativismo eleitoral na internet

Ouça a entrevista do especialista em Direito Eleitoral Francisco Emerenciano

As eleições de 2018 vão ser marcadas pelas redes sociais. Mas as denúncias de pagamento a ativistas para fazer propaganda disfarçada a políticos trouxeram à tona a discussão sobre o terreno fértil para irregularidades do ativismo digital-político.

Sobre o assunto, o Painel Eletrônico conversou com o especialista em Direito Eleitoral Francisco Emerenciano.

Na entrevista ele falou sobre os cuidados necessários com o ativismo eleitoral na internet. Segundo ele, é permitida a propaganda eleitoral patrocinada em redes sociais, desde que conste que existe patrocínio e sem anonimato. Para o especialista, um dos fatores negativos é de que a compra de influenciadores digitais induz o internauta a acreditar que o apoio a um candidato seria espontâneo. Ele destacou, ainda, que as irregularidades podem ser denunciadas diretamente aos tribunais eleitorais.

Apresentação - Edson Júnior e Elisabel Ferriche