15/08/2018 10h26

Brasil é um dos dez países mais violentos do mundo, revela Atlas da Violência 2018

Dados do levantamento foram debatidos, nesta semana, na Comissão de Direitos Humanos da Câmara. Ouça a entrevista do deputado João Daniel (PT-SE), que solicitou o debate

Pela primeira vez na história, o número de homicídios no Brasil superou a casa dos 60 mil por ano. Foram 62.517 assassinatos registrados em 2016, superando o patamar de 30 mortes por 100.000 habitantes. Esse dado coloca o Brasil entre os dez países mais violentos do mundo, com uma taxa de homicídios 30 vezes maior que o da Europa.

Essas estatísticas estão no Atlas da Violência de 2018, produzido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. E foram tema de audiência pública, nesta semana, na Comissão de Direitos Humanos da Câmara.

Em participação no Painel Eletrônico, o deputado João Daniel (PT-SE), que solicitou o debate, falou sobre o assunto.

Na entrevista, o deputado lamentou os números de homicídios no Brasil. O parlamentar atribui o aumento da violência à ausência do poder público, que tem se mostrando ineficiente no enfrentamento do problema, que atinge principalmente jovens negros e da periferia que se veem sem perspectivas de trabalho e lazer.

Para o deputado João Daniel, o grande mal do Brasil são as drogas e o problema deve ser atacado com coragem. “A violência tem solução, mas é preciso vontade política e uma consciência nacional”, afirma o parlamentar.

Apresentação - Edson Júnior e Elisabel Ferriche