29/06/2018 11h12

Transtornos mentais representam 13% do total de todas as doenças; ansiedade e depressão estão no topo da lista

Para falar sobre o assunto, o Painel Eletrônico convidou Valeska Zanello, doutora em psicologia e coordenadora do grupo de pesquisa “Saúde Mental e Gênero”, da Universidade de Brasília

Ao longo da vida, uma em cada dez pessoas vai precisar de cuidados de saúde mental. De acordo com a organização mundial da saúde, os transtornos mentais representam 13% do total de todas as doenças e a ansiedade e depressão estão no topo da lista.

O assunto foi tema de debate nas Comissões de Seguridade Social e Família; e de Defesa dos Direitos da Mulher.

Para falar sobre o assunto, o Painel Eletrônico convidou uma das debatedoras da audiência pública, Valeska Zanello, que é doutora em psicologia e coordenadora do grupo de pesquisa “Saúde Mental e Gênero”, da Universidade de Brasília (UnB).

Segundo Valeska Zanello, as pressões sofridas pelas mulheres geram transtornos de ansiedade e depressão e um alto índice de medicalização das mulheres por psicotrópicos, principalmente antidepressivos e ansiolíticos. Uma média de 70% desses medicamentos distribuídos pelo SUS são para as mulheres.

A doutora Valeska Zanello afirma ser necessário trazer para o debate, também, a masculinidade agressiva, que não só faz as mulheres adoecerem como também faz com que as principais causas de morte entre os homens sejam os homicídios, acidentes de carro e suicídios. "Na nossa cultura, os homens aprendem a amar muitas coisas, as mulheres aprendem amar os homens", disse ela.

Entenda os detalhes no áudio completo da entrevista.

Apresentação - Edson Júnior e Elisabel Ferriche