25/06/2018 12h45

Deputado Hugo Leal (PSD-RJ) comenta projeto que prevê mudanças no DPVAT

Entre outros pontos, a proposta permite que os donos de veículos escolham a companhia seguradora de sua preferência para contratar o seguro obrigatório. Ouça a entrevista completa

O sistema de seguro obrigatório de acidentes de trânsito pode ser alterado. Há mais de quarenta anos, o DPVAT é o seguro obrigatório, que indeniza vítimas de acidentes causados por veículos automotores, e é pago junto com uma das parcelas do IPVA ou quando o motorista vai fazer o licenciamento do carro.

Um projeto em análise na Câmara propõe que os donos de veículos vão poder escolher a companhia seguradora autorizada de sua preferência para contratar o Seguro Obrigatório de Acidentes de Trânsito, o Soat.

A proposta foi debatida na Comissão de Viação e Transportes da Câmara, a pedido do deputado Hugo Leal (PSD-RJ), que falou sobre o assunto em entrevista ao Painel Eletrônico.

Na entrevista, o deputado disse que a ideia é fazer alguns ajustes no atual DPVAT, para aumentar os valores das indenizações, hoje em R$ 2,7 mil para acidentes e R$ 13,5 mil para as indenizações por morte e invalidez. Hugo Leal afirmou, no entanto, que é consenso, entre os especialistas e autoridades públicas que participaram do debate, que o seguro obrigatório deve continuar como um seguro social, que beneficia toda a população e ainda garante recursos para a saúde.

Apresentação - Edson Júnior e Elisabel Ferriche