24/05/2018 11h46

Censo Agropecuário 2017: deputado antecipa resultado e diz que o campo envelheceu

Segundo Heitor Schuch (PSB-RS), há uma efetiva opção dos mais velhos no mercado rural, enquanto há um êxodo dos trabalhadores jovens. Ouça a entrevista sobre o censo

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) completou, em fevereiro, a coleta de dados do 10º levantamento da situação do campo, executada de outubro de 2017 a fevereiro de 2018, adotando como referência o período de 1º de outubro de 2016 a 30 de setembro de 2017. Os dados, porém, ainda não foram divulgados.

O tema será debatido em audiência da Comissão de Agricultura nesta quinta-feira. Para falar sobre o assunto, o Painel Eletrônico convidou o autor do requerimento para realização da audiência pública, deputado Heitor Schuch (PSB-RS).

Na entrevista, o deputado afirmou que o censo vai mostrar o perfil do produtor rural por sexo, idade, cor ou raça, alfabetização e escolaridade, utilização das terras, produção animal e vegetal, a forma de obtenção das terras e as práticas agrícolas utilizadas no estabelecimento. Com esses dados será possível direcionar os projetos, as políticas públicas e os recursos federais para projetos no campo. O Heitor Schuch adiantou que, entre os dados, já se pode saber, por exemplo, que o campo envelheceu. Há uma efetiva opção dos mais velhos no mercado rural, enquanto há um êxodo dos trabalhadores jovens. Entre os motivos, segundo o deputado, está a precarização do trabalho no campo.

Apresentação - Edson Júnior e Elisabel Ferriche