04/05/2018 09h37

Projeto em análise na Câmara cria política nacional para a população em situação de rua

O autor da proposta, deputado Nilto Tatto (PT-SP), esteve Com a Palavra e apresentou detalhes do texto. Ouça a entrevista completa

A tragédia que ocorreu no centro de São Paulo, em 1º de maio, com o desabamento de um prédio de 26 andares ocupado irregularmente, trouxe à tona o drama vivido por uma parcela da população que sofre, diariamente, com a invisibilidade pública e a indiferença: os moradores de rua.

Em 2015, segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o Brasil tinha mais de 100 mil pessoas vivendo nas ruas, albergues, espaços públicos, instituições e prédios abandonados.

O debate em torno das demandas da população em situação de rua ganhou força dentro da Câmara. Entre as propostas em discussão na Casa, está a do deputado Nilto Tatto, do PT paulista, que cria uma política de inclusão social e dignidade.

Entre as medidas sugeridas no texto estão: tornar obrigatória a denúncia de violência; priorizar o atendimento à população de maior vulnerabilidade, inclusive no programa Minha Casa, Minha Vida; e possibilitar o saque do FGTS. O deputado Nilto Tatto também sugeriu a criação do Dia Nacional de Luta pela População de Rua, no dia 19 de agosto.

Apresentação - Edson Júnior e Elisabel Ferriche