13/05/2016 12h45

Aconteceu: confira os destaques da semana de 9 a 13 de maio

A editora da Rádio Câmara Ana Raquel Macedo faz um balanço dos principais acontecimentos do Plenário, começando pela questão do impeachment.

Na segunda-feira (9), o presidente em exercício da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA) anulou a sessão do Plenário da Câmara que admitiu, no último dia 17, o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Maranhão argumentou que os partidos não poderiam ter orientado a votação; que os deputados não poderiam ter anunciado os seus votos previamente; e que a defesa da presidente não poderia ter deixado de falar por último antes da votação do impeachment. 

Os senadores aprovaram, na quinta-feira, a admissibilidade da denúncia que pede o afastamento da presidente da República por crime de responsabilidade. Dilma foi notificada da decisão e afastada temporariamente, até conclusão do processo. Michel Temer assumiu a presidência e nomeou ministros.

O advogado suíço Didier de Montmollin afirmou, em depoimento ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, nesta quinta-feira (12), que Eduardo Cunha não é titular de duas contas no banco suíço Julius Baer. Segundo o depoente, o presidente afastado da Câmara é proprietário-beneficiário de contas, cujo titular é o truste Netherton. Montmollin acrescentou que Cunha também não é proprietário de conta na Suíça em nome de sua mulher, Claudia Cruz.

Apresentação – Mariana Monteiro e Márcio Salema
Participação Especial – Ana Raquel Macedo