04/07/2017 - 19h48 Atualizado em 18/08/2017 - 17h29

Câmara aprova projeto que estimula enoturismo no Rio Grande do Sul

FABIO SOUZA
O deputado Fábio Souza, relator na CCJ

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou proposta do deputado Giovani Cherini (PR-RS) que transforma o Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul, na Capital Nacional do Enoturismo (turismo do vinho).

O Projeto de Lei 4795/12 recebeu parecer favorável do deputado Fábio Sousa (PSDB-GO). A proposta cria a Rota Nacional do Turismo Enológico, composta por 14 cidades gaúchas produtoras de vinho.

O projeto tramita em caráter conclusivo e segue para o Senado, a não ser que haja recurso aprovado para que a matéria seja analisada no Plenário da Câmara.

Foi arquivado ainda o Projeto de Lei 4794/12, também de Cherini, que tramitava em conjunto com o PL 4795/12. Esta proposta, que pretendia tornar o Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul, a Capital Nacional do Enoturismo, foi rejeitada em três comissões da Câmara.

Delimitação
A Rota Nacional do Turismo Enológico abrange as cidades de Antônio Prado, Bento Gonçalves, Carlos Barbosa, Caxias do Sul, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Gramado, Guaporé, Monte Belo do Sul, Nova Pádua, Nova Roma do Sul, Santa Tereza e Veranópolis.

Essa rota nacional tem entre seus objetivos o desenvolvimento do potencial turístico regional; o fortalecimento e a ampliação da vitivinicultura; o desenvolvimento da produção industrial da uva e derivados; a organização produtiva de comunidades locais relacionadas a vitivinicultura; e a difusão da enologia.

A área deverá ter sistema gerenciador de zoneamento ecológico-econômico, estímulo às atividades festivas durante a colheita da uva e fomento a eventos ligados ao enoturismo.

Íntegra da proposta:

Reportagem - Janary Júnior
Edição - Sandra Crespo

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'