23/08/2016 - 08h37

Comissão discute hoje conduta de empresas durante manutenção de aviões

Diógenes Santos
Transporte - Aviação - Avião - Aeroporto - Vista Aérea
Laudivio: tal procedimento adotado pelas companhias, traz insegurança ao setor, podendo ocasionar acidentes ou incidentes por falta de um profissional habilitado ao lado das aeronaves

A Comissão de Viação e Transportes promove na terça-feira (23), às 10 horas, audiência pública sobre a retirada dos profissionais em manutenção de aeronaves durante o trânsito de embarque e desembarque de passageiros.

De acordo com o deputado Laudivio Carvalho (SD-MG), que solicitou o debate, é preciso debater a conduta das empresas aéreas, visto que, em alguns casos, ocorre na estadia noturna e diurna das aeronaves nos aeroportos das capitais brasileiras. “Ressalte-se, que tal procedimento adotado pelas companhias, traz insegurança ao setor, podendo ocasionar acidentes ou incidentes por falta de um profissional habilitado ao lado das aeronaves durante o período de transito e/ou pernoite.”

O parlamentar acrescentou que é necessário um debate mais amplo com entidades de classes, órgãos técnicos e representantes da sociedade civil organizada, “no sentido de priorizar a continuidade da eficiência do transporte aéreo brasileiro e achar soluções que garantam a segurança dos usuários”.

Convidados
Foram convidados para discutir o assunto:
- o coordenador-geral do Departamento de Gestão Aeroportuária da Secretaria de Aviação Civil, Guilherme Afonso, representando o ministro dos Transportes, Maurício Quintella Lessa;
- o gerente técnico de Processo Normativo da Superintendência de Aeronavegabilidade, Roberto José Silveira Honorato;
- o presidente da Federação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Aéreos, Reginaldo Alves de Souza;
- o presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas, Rodrigo Spader;
- o vice-presidente do Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias e diretor de Segurança e Operações da Associação Brasileira das Empresas Aéreas, Ronaldo Jenkins de Lemos; e
- o presidente do Sindicato dos Aeroviários de Minas Gerais, Paulo de Tarso Gonçalves Junior.

O debate será realizado no plenário 11.

Íntegra da proposta:

Da Redação – RCA

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'