29/04/2014 - 22h28

Confira outros pontos do texto

O projeto aprovado pela Câmara dos Deputados nesta terça-feira (substitutivo aos PLs 4246/12 e 5943/13) também prevê os seguintes pontos:

- reboques, semirreboques e eixos suspensos serão isentos de pedágio;

- emenda do deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP) prevê que o pedágio nas rodovias estaduais e municipais não poderá ser maior que o cobrado nas federais, em condições similares;

- emenda do deputado Eduardo da Fonte (PP-PE) permite a circulação em qualquer horário do dia de veículos articulados com até 25 metros de comprimento; e

- outra emenda do deputado Eduardo da Fonte exige a realização do exame toxicológico em laboratórios com a norma de acreditação ISO 17025.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Eduardo Piovesan
Edição – Pierre Triboli

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'