05/06/2019 - 12h59

Oposição quer mais debate sobre Previdência; relator mantém prazo para entrega de parecer

Líderes de partidos de oposição se reuniram nesta quarta-feira com o relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), e pediram mais debate antes da apresentação do parecer.

A líder da minoria, deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), explicou que muitos temas ficaram de fora das audiências públicas. “Há muitos pontos em aberto e queremos que o tempo do debate seja maior, porque há temas que não foram aprofundados, por exemplo, como transição para aposentadoria, que representa 40% das emendas. A gente quer que ele apresente o relatório após uma segunda reunião com a oposição”, propôs a líder.

Samuel Moreira, no entanto, disse que está mantido o prazo anteriormente proposto para apresentar o relatório entre quinta (6) e segunda (10). “Estou aqui para conversar com todos, para fazer um relatório com a participação de todos. Continua o prazo de apresentação do relatório”, afirmou.

Ouça esta reportagem na Rádio Câmara
Reportagem – Luiz Gustavo Xavier
Edição – Natalia Doederlein

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

Mauro | 06/06/2019 - 21h36
Parem de procrastinar, o pais sangra além dos 14 milhões de desempregados não estamos conseguindo dar o 1º emprego a outros tantos deixem de ser irresponsáveis ou vocês estão querendo testar a ira da sociedade! Lojas fechando, supermercados vazios, compras de alimentos sendo parceladas em cartão de crédito e vocês ai brincando de gato e rato! A COISA ESTA FICANDO INCONTROLÁVEL E VOCES AINDA NAO SE DERAM CONTA
Henrique Cavalcante | 06/06/2019 - 16h00
Uma PEC tão polêmica. O Relator deveria dar ao menos 2 semanas para que as audiências públicas se manifestassem sobre as regras de transição. No meu caso, pelas contas, me aposentarei com 50 anos de contribuição, tendo começado em 1987, aos 18 anos. Não é nada justo! Apela-se ao senso de justiça do Exmo. Relator.
Fazendo Politicagem | 06/06/2019 - 11h09
Líderes de partidos de oposição ficam fazendo politicagem e não colaboram com o processo, ou seja, não leem a reforma e ficam apenas fazendo acusações, e agora querem mais tempo? Depois não entendem porquê perderam o poder e filiados.