04/08/2017 - 11h25

Câmara aprova regulamentação da profissão de mercadólogo

Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Reunião Ordinária. Dep. Esperidião Amin (PP - SC)
A CCJ aprovou o texto apresentado pelo relator, deputado Esperidião Amin

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou projeto de lei que disciplina a profissão de mercadólogo, que é o profissional que trabalha com marketing. O texto (PL 1226/07) é de autoria do ex-deputado Eduardo Gomes, e recebeu parecer favorável do deputado Esperidião Amin (PP-SC).

O texto aprovado é um substitutivo proposto por Amin, que engloba também a proposta apensada (PL 1944/07).

Como tramita em caráter conclusivo, o projeto poderá ser enviado para o Senado. A menos que haja recurso para que o texto seja votado, antes do envio, no Plenário da Câmara.

Conceito
A versão aprovada define mercadólogo como o profissional que desempenha atividade especializada de caráter técnico-científico, criativo e artístico, com o objetivo de criar e redigir textos publicitários, roteirizar chamadas publicitárias (spots) e comerciais no rádio e televisão.

O profissional também cuida do planejamento de investimentos e inserções de campanhas publicitárias na mídia, atendimento de anunciantes e administração de agências publicitárias.

Entre as atribuições do mercadólogo estão o desenvolvimento de marcas e estratégias de mercado para os clientes, e a elaboração de projetos de comunicação organizacional. O profissional também poderá atuar no magistério.

Formação
A profissão de mercadólogo será assegurada aos profissionais com diploma de ensino superior; que comprovem, até a data de publicação da lei, o exercício ininterrupto da profissão por período superior a cinco anos; ou que possuam diploma de ensino superior de mercadologia (marketing), expedido no Brasil ou no exterior.

O substitutivo determina ainda que os direitos de autoria e responsabilidade legal dos projetos de marketing são do profissional que elaborar, a quem caberão sempre os prêmios e distinções honoríficas.

Íntegra da proposta:

Reportagem - Janary Júnior
Edição - Marcia Becker

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'