20/03/2012 - 08h01

Audiência discute “trabalho decente” e questão de gênero

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público realiza hoje audiência pública sobre o tema “Trabalho decente, uma questão de gênero”.  Um dos assuntos deverá ser a garantia de direitos iguais para os trabalhadores domésticos em relação aos demais trabalhadores. O debate foi proposto pelo deputado Sebastião Bala Rocha (PDT-AP).

O conceito de trabalho decente foi criado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), que está empenhada em sua implantação em todo o mundo. O trabalho decente é assim definido: “Aquele tido como produtivo e adequadamente remunerado, exercido em condições de liberdade de organização sindical e negociação coletiva, equidade e segurança, sem qualquer forma de discriminação e capaz de garantir uma vida digna”.

Em maio de 2006, o Brasil lançou a Agenda Nacional de Trabalho Decente (ANTD), em atenção ao Memorando de Entendimento para a promoção de uma agenda de trabalho decente no país assinado pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pelo diretor-geral da OIT.

Foram convidados:
- um representante do Ministério do Trabalho;
- a ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci;
- o presidente da Associação Nacional dos Magistrados do Trabalho, Renato Sant'Ana;
- o procurador-geral do Ministério Público do Trabalho, Luís Antônio Camargo de Melo;
- a presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho, Rosangela Silva Rossy;
- a diretora do Escritório da OIT no Brasil, Laís Wendel Abramo;
- o presidente da Central Geral dos Trabalhadores do Brasil, Ubiraci Dantas de Oliveira;
- o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade;
- um representante da sociedade civil.

A reunião será realizada às 10 horas, no Plenário 12.

Da Redação/WS

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'