10/06/2011 - 14h27

Guarda Portuária e vigilante federal poderão ter bolsa-formação

Leonardo Prado
Andreia Zito
Andreia Zito: agentes de guardas portuárias já possuem poder de polícia.

A Câmara analisa o Projeto de Lei 454/11, da deputada Andreia Zito (PSDB-RJ), que autoriza a concessão de bolsa-formação para os agentes das guardas portuárias e os agentes de vigilância federal de instituições federais de ensino. O benefício, que hoje corresponde a R$ 443, foi instituído pela Lei 11.530/07, que criou o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci).

Atualmente, já têm direito à bolsa-formação policiais militares e civis, bombeiros, agentes penitenciários e carcerários e peritos. Para receber o benefício, os interessados precisam frequentar pelo menos um dos cursos oferecidos ou reconhecidos pelos órgãos do Ministério da Justiça a cada 12 meses. Além disso, não podem receber remuneração bruta mensal superior a R$ 1.700.

A deputada Andreia Zito ressalta que os agentes de guardas portuárias exercem poder de polícia e têm direito a porte de arma no Brasil. Por esses motivos, ela defende a concessão de bolsa-formação para a categoria.

A Guarda Portuária é subordinada à Secretaria Especial de Portos, organismo diretamente vinculado à Presidência da República. Sua atribuição é garantir a segurança dos portos brasileiros.

Andreia Zito lembra que o ex-deputado Marcelo Itagiba apresentou, na legislatura anterior, projeto que inseria a Guarda Portuária no Pronasci (PL 7171/10). Esse projeto, no entanto, não foi votado por nenhuma comissão e foi arquivado ao final da legislatura passada.

Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem - Lara Haje
Edição - Pierre Triboli

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

AUGUSTO | 15/06/2011 - 12h26
SIM, Nos temos que volorizar sempre as instituições que lidam diretamente com a segurança pública em nosso país, principalmente a Guarda Portuária que deveria ser Polícia Portuaria Federal a muito tempo. Vamos aprovar a pec 59/2007.
geraldo | 13/06/2011 - 19h26
Boa esta proposição! devemos reconhecer o quanto a segurança pública é importante para o país, e ainda mais agora sendo a sede da copa mundial de football em 2014, de que adianta só investir em construções e esquecer a segurança para o turista que virá.
geraldo | 13/06/2011 - 19h20
Boa esta proposição! devemos reconhecer o quanto a segurança pública é importante para o país, e ainda mais agora sendo a sede da copa mundial de football em 2014, de que adianta só investir em construções e esquecer a segurança para o turista que virá.