17/05/2019 - 14h57

Projeto obriga estabelecimento de saúde a oferecer conforto térmico a usuário

Nailana Thiely/UEPA
Saúde - hospitais - atendimento médico espera fila caos serviços públicos
O calor excessivo agrava o problema da falta de vagas

O Projeto de Lei 1561/19 determina que todos os estabelecimentos públicos e privados de saúde, como hospitais e postos, devem oferecer conforto térmico aos usuários e trabalhadores. O texto tramita na Câmara dos Deputados.

A proposta é de autoria da deputada Edna Henrique (PSDB-PB). O projeto determina ainda que a adequação do sistema de climatização às necessidades do estabelecimento de saúde será regulamentada pela autoridade sanitária.

Segundo a deputada, a proposta visa criar um ambiente mais confortável para pacientes e trabalhadores da área de saúde, como médicos e enfermeiros. Também busca adequar hospitais, clínicas, laboratórios e postos de saúde às normas de climatização. Edna Henrique lembra, por exemplo, que o controle de temperatura e umidade é fundamental em unidades de terapia intensiva (UTIs) e em depósitos de medicamentos e vacinas.

Tramitação
O projeto será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Seguridade Social e Família; Finanças e Tributação; e Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem - Janary Júnior
Edição – Wilson Silveira

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'