01/01/2019 - 13h18

Bolsonaro é o 38º presidente do Brasil

Desde a redemocratização, em 1985, três presidentes eleitos não terminaram seus mandatos e três foram reeleitos

Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Comemoração aos 30 anos da Constituição Cidadã. Presidente da república eleito, senhor Jair Messias Bolsonaro (PSL -RJ)
Bolsonaro era deputado federal há quase 30 anos e foi eleito presidente com mais de 57,7 milhões de votos

O Brasil já teve 37 presidentes desde a proclamação da República, em novembro de 1889. Ao longo desse período, o País viveu uma breve experiência parlamentarista, na década de 1960, e dois governos de juntas provisórias, durante a Revolução de 1930 e na ditadura militar.

"Em um primeiro momento, foi uma república de elites, oligarcas e liberais (1889 a 1930). Depois, tivemos a Era Vargas, que foi uma ditadura, até 1945, e um breve período de democracia até o golpe de 1964”, explica o professor de História da Universidade de Brasília (UnB) Mateus Torres.

A redemocratização do Brasil ocorreu em 1985 com a escolha indireta de Tancredo Neves, do então PMDB, que, no entanto, morreu antes da posse. Em seu lugar, assumiu o vice, José Sarney, do mesmo partido.
Constituição de 1988

No governo Sarney, foi promulgada a nova Constituição Federal, em outubro de 1988, reconhecendo vários direitos sociais e proclamando princípios de equilíbrio entre os poderes da República.

Renúncia
Em 1989, Fernando Collor de Mello, do PRN, foi eleito por voto direto, mas seu governo não chegou ao fim: Collor renunciou em 1992, em meio a um processo de impeachment. O vice, Itamar Franco, do então PMDB, completou o mandato.

Reeleições
O presidente eleito em seguida era ministro da Fazenda de Itamar: Fernando Henrique Cardoso, do PSDB, que cumpriu dois mandatos sucessivos. FHC foi sucedido por Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, que também teve dois mandatos.

As políticas sociais do governo Lula ajudaram a eleger sua ministra da Casa Civil: Dilma Rousseff, também do PT.

Impeachment
A primeira mulher na Presidência da República também acabou reeleita, como seus dois antecessores, mas não terminou seu segundo mandato. Ela sofreu impeachment em 2016 e mais uma vez o vice terminou o mandato: Michel Temer, do atual MDB.

Da Câmara para o Planalto
Nesta terça-feira (1º), Temer passará a faixa presidencial para o 38º presidente do Brasil: Jair Bolsonaro, do PSL.

Bolsonaro era deputado federal há quase 30 anos e foi eleito com mais de 57,7 milhões de votos.

Essa é a segunda vez, que um deputado federal é eleito presidente da República no curso do mandato. O primeiro foi Jânio Quadros, em 1960.

Galeria de ex-presidentes

Da Redação - ND

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'