10/12/2014 - 13h10

Plenário encerra sessão sem votar a cassação de André Vargas

Foi encerrada há pouco a sessão do Plenário da Câmara dos Deputados destinada a votar o pedido de cassação do mandato do deputado André Vargas (sem partido-PR). Sem quórum para votação, o assunto não foi discutido. Ainda não há outra data marcada para votar a cassação de Vargas.

A sessão desta manhã foi encerrada após o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) pedir a palavra para se defender das acusações de ter ofendido a deputada Maria do Rosário (PT-RS), deputados do PT e o próprio Bolsonaro começaram a discutir em Plenário e, por isso, o vice-presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia teve de assumir a sessão que foi encerrada em seguida.

Foi convocada outra sessão extraordinária, que será realizada em instantes, para votar duas propostas de emenda à Constituição (PECs): a do orçamento impositivo (PEC 358/13) e a que concede aposentadoria integral para servidores aposentados por invalidez (PEC 170/12). As votações dependem de acordo.

Mais informações a seguir