29/05/2018 - 08h48

Audiência discute níveis de língua estrangeira exigido para candidatos a doutorado no exterior

As mudanças dos critérios de proficiência em língua estrangeira do Programa Doutorado Sanduíche no Exterior serão discutidas hoje na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados.

O deputado Danilo Cabral (PSB-PE), que pediu a realização do debate, explica que o edital que trata do programa exige proficiência em inglês inclusive para candidatos que postulam bolsas para estágio em Portugal.

“Tal exigência não ocorreu nos editais referentes aos anos anteriores e a comunidade acadêmica foi surpreendida com os scores exigidos no edital de 2017. Os índices são superiores aos solicitados pelas instituições internacionais”, compara Cabral.

Embora a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) alegue que esteja discutindo a internacionalização da pós-graduação brasileira por meio do Fórum de Pró-reitores de Pós-Graduação (Forprop) desde 2016, o deputado afirma que essas discussões não chegam até os pós-graduandos.

“Os desafios da internacionalização da educação superior brasileira vão muito além da proficiência linguística”, afirma Cabral.

Foram convidados para discutir o assunto o presidente da Capes, Abilio Afonso Baeta Neves; e a presidente da Associação Nacional de Pós-Graduandos, Tamara Naiz.

Participação popular
A audiência será realizada no plenário 10 a partir das 9 horas. Os interessados poderão participar, ao vivo, por meio do portal e-Democracia. Clique no banner abaixo e envie suas perguntas, críticas e sugestões.

Da Redação - ND

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'