21/12/2016 - 12h39

Projeto inclui ensino de primeiros socorros no currículo da educação básica

Leonardo Prado / Câmara dos Deputados
Reunião Ordinária. Dep. major Olímpio (SD-SP)
Major Olimpio: "37% das mortes infantis são causadas por fatos como afogamento, intoxicação e quedas"

Tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 2822/15, do deputado Major Olimpio (SD-SP), que inclui o ensino de primeiros socorros no currículo dos alunos de educação infantil e dos ensinos fundamental e médio.

Pela proposta, os conteúdos abrangerão parte teórica e prática, incluindo treinamento para desobstrução de vias aéreas, ressuscitação cardiopulmonar, identificação de situações de emergências e números de telefone dos serviços públicos de atendimento de emergência.

Ainda conforme o texto, os conteúdos serão ministrados também aos docentes, mediante convênio com os órgãos dos Corpos de Bombeiros Militares dos estados e do Distrito Federal. A proposta inclui dispositivo na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB - Lei 9394/96).

“A necessidade do curso de primeiros socorros é pouco divulgada no Brasil, onde cerca de 37% das mortes de crianças são motivadas por causas externas, que são as decorrentes de acidentes como afogamento, intoxicação e quedas, segundo números do Sistema Único de Saúde”, disse Major Olimpio.

Conforme o deputado, o objetivo do projeto é realizar o preparo do maior número possível de professores e alunos que frequentam creches e escolas, onde se concentram grande parte dessas tragédias.

Tramitação
De caráter conclusivo, a proposta será analisada pelas comissões de Educação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Lara Haje
Edição - Alexandre Pôrto

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

LEONARDO MARTINS | 31/12/2016 - 17h02
Gloriosa apreciação do Deputado! É um campo de conhecimento bastante necessário em qualquer ambiente social e, desde que muito bem mediado pelos formadores, pode sim ser de enorme valia em nosso currículo escolar. Educação para a vida!! Esse projeto sim pode enriquecer a aprendizagem significativa, aquilo que utopicamente se aprende na escola e leva-se para o cotidiano, e não apenas para os famigerados exames de classificação duma escola mercadológica e que exclui!
Rodrigo Veloso | 23/12/2016 - 10h17
A proposta é um contra-senso total. Ensinar primeiros socorros para crianças ... Por que não pensa em obrigar E pensar que este deputado se candidatou a prefeito da cidade de São Paulo!