30/05/2012 - 16h58

Relatório do PNE prevê aumento do número de mestres e doutores no País

Entre as metas para educação brasileira para os próximos dez anos, incluídas no Plano Nacional de Educação (PNE- PL 8035/10), está a elevação da qualidade da educação superior para ampliar a proporção de mestres e doutores do corpo docente em efetivo exercício para 65%, sendo, do total, no mínimo, 35% de doutores.

Outro objetivo é elevar gradualmente o número de matrículas na pós-graduação stricto sensu, de modo a atingir a titulação de 65 mil mestres e 25 mil doutores por ano.

As propostas estão no novo parecer do Plano Nacional de Educação (PNE – PL 8035/10). O relator Ângelo Vanhoni (PT-PR) faz a leitura neste momento em reunião da comissão especial que estuda o projeto.

A reunião ocorre no Plenário 12.

Continue acompanhando esta cobertura.