03/06/2019 - 08h48

Comissão especial vai analisar regras para o mercado de moedas virtuais

As comissões especiais possuem caráter temporário e são criadas, por exemplo, para examinar projetos que envolvam matéria de competência de mais de três comissões de mérito

A Câmara dos Deputados criou, na quinta-feira passada (30), uma comissão especial para discutir a regulamentação de moedas virtuais (como os bitcoins) e de programas de milhagem de companhias aéreas (PL 2303/15).

Em 2016, uma comissão especial começou a analisar a proposta. Em dezembro de 2017, o então relator defendeu a proibição das criptomoedas, mas o parecer não foi aprovado. O texto acabou arquivado no fim de janeiro deste ano, ao término da legislatura.

O novo colegiado será composto por 34 deputados titulares, e 34 suplentes.

Íntegra da proposta:

Da Redação - ND

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

Criptomoedas | 03/06/2019 - 11h17
Eu sou a favor de uma Criptomoeda legalizada, que não seja cumulativa e nem fique parada por muito tempo, e rastreável pelo governo, pois assim é possível ver onde estas criptomoedas estão paradas travando a economia. O mais importante de tudo é deixar os bancos bem longe destas criptomoedas. Este modelo de criptomoeda que eu citei na verdade seria digitalizar uma parte do Real com estas característica que eu citei, sendo aceito somente nos pequenos comércios e entre pessoas carentes por meio de um app, assim a moeda vai circular por mais tempo nos bairros carentes gerando empregos.