01/10/2014 - 20h03

Concluídas obras de acessibilidade no Plenário da Câmara

Laycer Tomaz/Câmara dos Deputados
Plenário Ulysses Guimarães após reforma de acessibilidade
Reinauguração do Plenário ocorre na sessão de terça-feira (7).

Foi concluída a reforma do Plenário da Câmara dos Deputados, que atendeu a demandas de acessibilidade para parlamentares cadeirantes. O espaço será reinaugurado na terça-feira (7).

Iniciada em 18 de julho, a reforma foi realizada com mão de obra e material próprios da Casa. Foram instaladas duas rampas de acesso à mesa, que também servirão para facilitar a chegada às tribunas usadas pelos parlamentares para os discursos – situadas dos lados esquerdo e direito da mesa. As rampas atendem aos padrões de declividade definidos pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

A reinauguração ocorre ao longo da sessão ordinária de terça-feira, que começa às 14 horas. Na ocasião, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, prestará uma homenagem aos deputados cadeirantes. Na atual legislatura, há três deputados com dificuldades de locomoção – Mara Gabrilli (PSDB-SP), Rosinha da Adefal (PTdoB-AL) e Walter Tosta (PSD-MG). Antes da obra, eles chegavam à tribuna por meio de um elevador adaptado.

Acessibilidade
Em setembro de 2013, por decisão do presidente da Câmara, a área técnica da instituição começou a buscar uma solução definitiva para facilitar o acesso à mesa e às tribunas. Os técnicos adotaram projeto elaborado em 2006 por Fabiano Sobreira, arquiteto da Casa. O trabalho de Sobreira recebeu a chancela do próprio Oscar Niemeyer (1907-2012), que projetou o Palácio do Congresso.

Durante as obras, as sessões do Plenário foram realizadas no auditório Nereu Ramos, que foi adaptado para atender às rotinas de votação. Esta é a quarta reforma que ocorre no Plenário Ulysses Guimarães. A primeira foi realizada em 1970.

Da Redação – PT

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'