20/06/2018 - 08h12

Audiência discute leilão de energia solar

Parlamentar lembra que o Brasil é um dos países com maior potencial por metro quadrado na geração de energia elétrica por meio da tecnologia fotovoltaica

Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Seminário Internacional Instituições de Ensino Superior e Desenvolvimento Regional: Parcerias, Iniciativas e Perspectivas. Dep. Vitor Lippi (PSDB - SP)
Lippi: “Deixar de investir nesta cadeia é negligenciar melhorias à população e ao Brasil.”

A Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados discute nesta manhã a exclusão da energia solar fotovoltaica do leilão que deve ocorrer em agosto (leilão A-6).

O deputado Vitor Lippi (PSDB-SP), que pediu a realização do debate, afirma que a energia solar foi a segunda alternativa mais valorizada no leilão de abril (leilão A-4). “Nos últimos anos, segundo dados da Absolar, a geração distribuída cresceu aproximadamente 445% e deixá-la fora dos leilões poderá atrapalhar o desenvolvimento do setor além de trazer prejuízos ao consumidor”, avalia Lippi.

Foram convidados para discutir o assunto, entre outros:
- o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia, Eduardo Azevedo Rodrigues;
- o presidente da Comissão Especial de Licitação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romário de Oliveira Batista; e
- o vice-presidente da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Ricardo Barros.

Confira a lista completa de convidados.

O debate será realizado a partir das 9h30, no plenário 14, e poderá ser acompanhada, ao vivo, pelo WebCamara.

Da Redação - ND

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'