26/11/2015 - 10h13

Comissões debatem os rumos da conectividade no Brasil

As comissões de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática; e de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio realizam, hoje, uma audiência pública para discutir o potencial da chamada 'Internet das Coisas' para o Brasil. O termo se refere à conexão de objetos usados no dia a dia à rede mundial de computadores e entre si, como eletrodomésticos, computadores, smartphones e televisões.

Para o deputado Odorico Monteiro (PT-CE), autor do requerimento para o debate, o setor vem ganhando cada vez mais espaço nas nossas vidas. “A proporção toma rumos ainda desconhecidos, mas expressivos, novas tecnologias que envolvem Internet das Coisas em 2015 devem somar 25 bilhões de dispositivos conectados à internet e 50 bilhões até 2020, estimando que a população no planeta será de 7,6 bilhões, isso resultará em uma média superior a 6 dispositivos por pessoa”, disse o deputado.

“Diante de tal potencial que Internet das Coisas poderá representar ao Brasil, se faz necessário debater a respeito de um conjunto amplo e coordenado de medidas centradas em ações para formação de pessoal, financiamento, incentivo à inovação, desenvolvimento de mercado local, logística, colaboração nos processos abertos de normatização internacional entre outros, para que o Brasil tenha condições de competir nos setores e verticais nas quais possui escala global, podendo assumir o papel significativo de liderança”, defendeu Monteiro.

Convidados
Foram convidados para o debate:
- o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Celso Pansera;
- o ministro das Comunicações, André Figueiredo;
- o presidente da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Wanderley de Souza;
- o presidente-executivo da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), Sergio Paulo Gallindo;
- o presidente-executivo do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil), Eduardo Levy;
- o vice-presidente de Estratégia da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net), Leonardo Palhares;
- a presidente da Microsoft Brasil, Paula Bellizia;
- o presidente da Google Brasil, Fábio Coelho; e
- presidente da Intel no Brasil.

A audiência começou há pouco, no plenário 14.

Da Redação - MB

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'