17/06/2016 - 19h22

Minas e Energia aprova partilha entre estados e municípios do bônus do pré-sal

Sérgio Francês/Câmara dos Deputados
Deputados G - K - José Reinaldo
José Reinaldo: concentração da receita tributária na União dificulta investimentos em saúde, educação e segurança pública, além da quitação de dívidas por parte de estados e municípios

A Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 2146/15, do deputado JHC (SD-AL), que estabelece a partilha entre estados e municípios do valor pago pelas petrolíferas na exploração de blocos do pré-sal no regime de concessão.

A proposta altera a Lei do Pré-sal (Lei 12.351/10). Hoje, o bônus de assinatura, como é chamado o valor devido pelas empresas, é embolsado integralmente pela União.

Com o projeto, o valor será distribuído entre as três esferas administrativas: 50% à União, 20% aos estados e 30% aos municípios, onde se localizar a reserva de petróleo.

Relator da matéria, o deputado José Reinaldo (PSB-MA) disse que a concentração da receita tributária na União dificulta investimentos em saúde, educação e segurança pública, além da quitação de dívidas por parte de estados e municípios.

O parlamentar observa ainda que a compensação financeira pela produção de petróleo e gás natural nos seus territórios é garantida a esses entes federativos pela Constituição.

Tramitação
A proposta será analisada de forma conclusiva pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Emanuelle Brasil
Edição – Newton Araújo

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'