01/02/2007 - 22h31

Arlindo Chinaglia, do PT, é eleito novo presidente

O deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) foi eleito, nesta quinta-feira, para presidir a Câmara dos Deputados no biênio 2007-2008. Na primeira votação secreta pelo sistema eletrônico, Chinaglia e o deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP) disputaram o segundo turno para o cargo e obtiveram, respectivamente, 261 e 243 votos dos 510 votantes. Houve 6 votos em branco.

No primeiro turno, Chinaglia teve 236 votos e Rebelo, 175. O candidato da chamada terceira via, deputado Gustavo Fruet (PSDB-PR), ficou com 98 votos e houve 3 votos em branco.

Busca de apoios
No segundo turno, Gustavo Fruet declarou seu voto em Aldo Rebelo. De acordo com Fruet, Aldo assumiu todas as propostas da terceira via, que pregava independência maior da Câmara em relação ao Poder Executivo.

Fruet ressaltou que, além dos deputados compromissados com essa opção, algumas lideranças do PSDB declararam o voto em Aldo, apesar de o líder da bancada, Antonio Carlos Pannunzio (SP), ter liberado os parlamentares da sigla.

O PSDB também foi procurado por Arlindo Chinaglia - que, antes mesmo do primeiro turno havia adiantado que buscaria votos dos partidos de oposição, "principalmente do PSDB". Antes da formação dos blocos partidários que definiram a distribuição dos cargos da Mesa, o então líder do PSDB Jutahy Junior (BA) havia declarado apoio de seu partido a Chinaglia. Mas, depois de ser lançado como candidato da terceira via, Fruet conquistou também o apoio dos tucanos.

Demais cargos
Para a 1ª secretaria, o deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR) obteve 249 votos, contra 180 de Wilson Santiago (PMDB-PB) em segundo turno. Houve 3 votos em branco para este posto.

O deputado Ciro Nogueira (PP-PI) foi conduzido à 2ª secretaria com 415 votos (97 em branco). Para a 3ª secretaria, Waldemir Moka (PMDB-MS), único candidato, foi eleito com 449 votos (63 em branco). Na 4ª secretaria, José Carlos Machado (PFL-SE) assumirá o posto com 443 votos (69 em branco).

Os quatro deputados eleitos para as quatro suplências foram: Manato (PDT-ES), com 392 votos; Arnon Bezerra (PTB-CE), com 335 votos; Alexandre Silveira (PPS-MG), com 334 votos; e Deley (PSC-RJ), com 258 votos. A deputada Maria do Carmo Lara (PT-MG) obteve 248 votos e ficou de fora.

Como para o cargo de suplente o parlamentar pode votar em quatro candidatos, o número de brancos foi alto, de 481 votos, pois muitos não escolheram os quatro nomes.

Leia mais:
Chinaglia promete defender a independência do Legislativo
Leia o perfil de Arlindo Chinaglia
Conheça os integrantes da Mesa Diretora

Reportagem - Eduardo Piovesan
Edição - João Pitella Junior


(Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura `Agência Câmara`)

Agência Câmara
Tel. (61) 3216.1851/3216.1852
Fax. (61) 3216.1856
E-mail:agencia@camara.gov.br




A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'