07/03/2018 - 09h55

Frente Parlamentar Mista em Defesa da Casa da Moeda será lançada hoje

Será lançada na Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira (7), a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Casa da Moeda do Brasil, que já conta com o apoio de 222 parlamentares. O objetivo do grupo é evitar a privatização e trabalhar pela valorização da estatal. A frente é presidida pelo deputado Celso Pansera (PMDB-RJ). Os deputados Deley (PTB-RJ), Glauber Braga (Psol-RJ) e Luiz Sérgio (PT-RJ) também compõem a coordenação do movimento.

Divulgação
Economia - bancos - Banco Central - dinheiro - papel moeda notas de R$ 100
Frente mista em defesa da Casa da Moeda conta com o apoio de 208 deputados e 14 senadores

“A criação da frente é um avanço importante em defesa da soberania nacional. O governo, além de comprar papel-moeda do exterior, ameaça a centenária indústria com a privatização”, lembra Pansera.

O presidente do Sindicato Nacional dos Moedeiros, Aluízio Junior, concorda com o deputado. Para ele, a ameaça de privatização da Casa da Moeda é o prenúncio de um ataque maior, na tentativa de subordinar a economia do país aos interesses de bancos privados.

“O ataque à nossa capacidade de produção do meio circulante, nossa moeda, responsável por intermediar todas as transações comerciais em nosso país, é um erro estratégico que poderá abortar o futuro do nosso país como potência mundial”, ressalta Junior.

A frente pretende estimular a participação da sociedade no debate sobre uma possível privatização da estatal. Também são pautas do grupo a modernização dos processos de gestão técnica-operacional e administrativa da Casa da Moeda, melhorando suas práticas de gestão e governança corporativa, e o aperfeiçoamento da legislação e da regulação setorial por meio do Congresso Nacional.

O lançamento da frente está marcado para as 14h30 no plenário 3.

Da Redação – AC

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'