07/03/2018 - 14h04

Câmara realiza sessão solene nesta quinta (8) para entrega da Medalha Mietta Santiago

Quatro pessoas receberão a condecoração criada para homenagear iniciativas relacionadas aos direitos das mulheres

A Câmara dos Deputados realiza nesta quinta-feira (8), Dia Internacional da Mulher, sessão solene para a entrega da Medalha Mietta Santiago 2018. A condecoração foi criada no ano passado para homenagear iniciativas relacionadas aos direitos das mulheres. O evento está marcado para as 9h, no Plenário Ulysses Guimarães.

Nesta segunda edição, a Secretaria da Mulher da Câmara escolheu as seguintes homenageadas:

. a juíza Sueli Zeraik de Oliveira Armani, que desenvolve um trabalho em Taubaté para preparar presos e presas para seu retorno ao convívio em sociedade.

. a professora Helley de Abreu Silva Batista, que morreu no incêndio ocorrido na creche de Janaúba (MG) Gente Inocente tentando salvar as crianças.

. a artista Joana D ´Arc da Silva Cavalcante, que lidera o grupo de maracatu Baque Mulher, composto apenas por mulheres, cujo tema central é o combate à violência de gênero.

. a médica legista Maria Letícia Fagundes, que fundou organização Mais Marias, que busca combater a violência contra mulheres por meio da divulgação de informações sobre a Lei Maria da Penha (11.340/06).

História

Mietta Santiago é o pseudônimo de Maria Ernestina Carneiro Santiago Manso Pereira. Nascida em Varginha (MG), ela questionou, por meio de um mandado de segurança em 1928, a proibição do voto feminino no Brasil, afirmando que isso violava a Constituição então vigente, que não vetava esse voto. Conseguiu assim o direito de votar e o de concorrer ao cargo de deputada federal.