Já assessor do Instituto Sou da Paz disse que a implementação do Estatuto do Desarmamento colaborou com a queda no número de assassinatos por armas de fogo

Debatedores criticaram decisão da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, que aprovou no dia 12 de junho projetos que derrubam decreto das armas, baixado pelo presidente Bolsonaro
Notícias anteriores: