O presidente da República vetou nesta segunda-feira (17) trecho de MP aprovada no mês passado que determinava, entre outros pontos, o fim da cobrança por despacho de bagagem de até 23 quilos em aviões com capacidade acima de 31 lugares, nos voos domésticos

Marcel Van Hattem defendeu o veto: "Não existe almoço grátis. Cada um paga pelo despacho de sua bagagem"
Notícias anteriores: