Debatedores avaliam que decisões de Bolsonaro confrontam minorias

12/06/2019 18h35
daniEL | 18/06/2019 11h20
Confrontar minorias? Mas... Peraí... Se não me engano, foi exatamente pra isso q o Bolsonaro foi eleito! Pra acabar com a pouca vergonha q a ESQ+AFUNDÃO estavam imporndo ao BR! Ninguém dos conservadores quer matar ou ameaçar ninugém! Duvido q o JW tenha saído do País por ameaça. Ele não apresentou nenhuma única prova d suas falsas alegações! E queremos, SIM, resgatar o TEMOR A DEUS em nosso País! Basta os supostos alegados Defensores dos Direitos Humanos defenderem TAMbÉM as vítimas, ao invés d apenas os criminosos, q vamos fortalecer essa turma! Chega dos desmandos d anárquicos e corruptos!!!
Carlos Santos | 13/06/2019 15h39
Debora Duprat?! Esta senhora só representa George Soros e organizações internacionais que são desprezadas em várias partes do mundo civilizado. Jean Wyllys obviamente não saiu do Brasil por ser ameaçado. Isto é conversa da grande imprensa para satanizar os conservadores. A verdade é que Jean era desprezado por muitos LGBTs que não se viam representados por este senhor. E Maria do Rosário? Bom desta nem é preciso falar. A Ministra Damares defende as chamadas "minorias" mais do que a trupe supracitada, pois não as utiliza apenas para fazer política em benefício próprio.
<< < 1 > >>

Comentar

Ainda restam caracteres.

Declaro que estou ciente e aceito integralmente o termo de uso.

Para solicitações – correção, pedido de material ou esclarecimento de dúvidas – entre em contato pelo Fale Conosco.