Decreto que flexibiliza porte de armas mobiliza parlamentares favoráveis e contrários

08/05/2019 17h21
Plínio Almeida | 18/05/2019 10h11
Bom dia, exm°. Sr(s), a normativa 023/2005 DPF..., EM seu art.18. 1- o servidor público efetivo ou comicionado das áreas de segurança,fiscalização,execuções judiciais dentre outras...,tem o direito e preenche os requisitos. Pois, nós agentes de trânsito somos servidores publicos efetivos,fazemos parte da segurança pública viária art.144, somos parte integrante do sistema único de segurança pública (susp).Eu, Plínio Almeida,fiz requerimento a Polícia Federal ,em anexo boletins de ocorrência de ameaça a minha integridade física... "Respeitem o referendo!!!
Márcio Ortiz | 09/05/2019 14h22
Tenho certeza do bom senso que existe nesta casa, que entende que o PR tenta governar por decreto DESRESPEITANDO profundamente o parlamento e o povo brasileiro, buscando atender compromissos firmados em campanha eleitoral; Espero como Brasileiro que seja demonstrado ao governo que DEMOCRACIA e CONSTITUIÇÃO precisam ser respeitadas..
Carlos Santos | 09/05/2019 13h11
O que o PSOL quer? Quer o pior para o Brasil para assim conseguirem dominar. Querem aqui uma reprodução da Venezuela. São totalitários mentirosos.
pedro pereira de souza | 08/05/2019 19h28
A criminalidade aumenta com o crescimento do número de criminosos e não com o porte de armas para alguns trabalhadores!
<< < 1 > >>

Comentar

Ainda restam caracteres.

Declaro que estou ciente e aceito integralmente o termo de uso.

Para solicitações – correção, pedido de material ou esclarecimento de dúvidas – entre em contato pelo Fale Conosco.