Minas e Energia define prioridades para uso das águas da transposição do São Francisco

25/09/2017 15h32
Rosângela Barbosa Gomes | 26/09/2017 00h21
Seria muito mais lógico se houvesse o aproveitamento do sol para produção de energia. Todo o Brasil, principalmente a região do sertão nordestino possui insolação com um imenso potencial que não é aproveitado. Seria bem menos custoso que a construção de hidrelétricas, além de liberar a água para os consumos humano e animal e para a agricultura e a piscicultura. Seria também mais eficaz a energia fotovoltaica do que a energia eólica. A prioridade maior, entretanto, é revitalizar urgentemente o Rio São Francisco, reflorestar desde a nascente e por toda sua extensão, antes que o rio desapareça.
<< < 1 > >>

Comentar

Ainda restam caracteres.

Declaro que estou ciente e aceito integralmente o termo de uso.

Para solicitações – correção, pedido de material ou esclarecimento de dúvidas – entre em contato pelo Fale Conosco.