Projeto criminaliza apologia ao comunismo

24/07/2017 08h57
Girani Burnier | 30/01/2019 19h08
Vá em frente Deputado,boa sorte. Parabéns. Deus te abençoe.
Ricardo Montes | 15/01/2019 08h28
Caro Deputado o seu custo mensal e da ordem de R$ 33,7 mil. penso que nosso pais tem problemas reais e sérios a serem resolvidos que dependem de sua atuação, por que o senhor não deixa de desperdiçar nossos suados impostos com besteiras ideológicas que somente (Polônia, Lituânia, Letônia, Geórgia e Moldávia) países de muita significância global se ocuparam. Fica a dica, simplesmente atue com representaste da vontade popular e nao de suas doutrinações pessoais. Grande Abraços de um eleitor brasileiro
Amauri Oliveira | 16/12/2018 11h06
Apoio TOTALMENTE o Projeto proposto pelo Deputado. O COMUNISMO deve ser CRIMINALIZADO no Brasil. A apologia ao COMUNISMO ou SOCIALISMO deve ter o mesmo tratamento como já acontece com o Nazismo e o Fascismo. Quaisquer manifestação Marxista deve ser punida com o rigor da Lei. COMUNISMO é CRIME ! O Comunismo matou mais de 120 milhòes de pessoas no Mundo, muito mais do que o próprio Nazismo.
José Marinho | 09/12/2018 12h25
Ele precisa definir o que entende por "comunismo", caso contrário qualquer coisa caberia nesse tema (social-democracia, ongs, direitos dos indígenas, mulheres, negros, lgbts, sindicatos, questões trabalhistas, previdenciárias, direitos de minorias religiosas, proteção ao meio-ambiente etc). Do jeito que foi proposto me parece que qualquer opinião que não seja de direita seria um crime, o que foge totalmente ao regime democrático, onde existe liberdade para se discutir e falar aquilo que pensa, ainda que desagrade alguém. Até uma ação trabalhista.
Alex Marcos T Fontes | 15/11/2018 23h29
Apoio! Imagine vc ter uma terra com vacas, boi de corte, plantações, centro de pesquisa e outros, de repente sua terra é invadida, tudo destruído. Garanto que não vai sair batendo palmas e agradecendo pelo o que foi feito. Botar fogo em ônibus e um dos seus familiares está dentro e morre. Não vai agradecer em rede nacional. Tomarem um imóvel seu. Não vai dizer que o direito de moradia é para todos e estará apoiando a perda. Acorda estamos no século XXI, precisamos por ordem no BRASIL. Ame-o ou Deixe-o. Não me diga que é ditadura. Gosto Ordem e Progresso!!!! BRASIL!!!
Paulo Sergio Farias | 12/11/2018 22h56
O deputado não tem razão. Aliás ele peca pela falta de informações para balizar seu projeto fascista. As bombas americanas em Hiroshima e Nagasaki, as vítimas no Vietnã e todas as ocupações militares dos americanos e os imperialistas europeus e dos israelenses já mataram milhões mu do agora. O que o deputado quer é um.regime de força para eles entr3garem o patrimonio do país às empresas transnacionais e tirar direitos dos trabalhadores. Uma dessas medidas terríveis seria a famigerada reforma da previdência. Pois além de matar o.povo de trabalhar iria encher as birras dos banqueiros.
Wilson | 02/11/2018 11h39
Apoio , Nazismo Matou Muito Menos que o comunismo e Proibido assim Espero que Pregar o Comunismo também entre na Proibição ??????????Ótimo Projeto
Antonio Newlands | 31/10/2018 21h16
Numa boa, Deputado... na Rússia de hoje circula uma piada que diz que "tudo que os comunistas diziam sobre o comunismo era mentira, mas tudo o que eles diziam sobre o capitalismo era verdade". Acho que esse projeto dá importância demais a quem não a tem. Mais útil do que isso é pensar em projetos para aumento da renda do trabalhador, incentivos para que as empresas adotem a mentalidade existente em empresas como Google e outras, consideradas as melhores do mundo para se trabalhar, coisas assim que simplesmente ESVAZIAM qualquer apelo que o comunismo possa eventualmente ter.
FÁTIMA ABDALAH SAIEG | 31/10/2018 01h19
Cadê o direito à liberdade garantido na Constituição de 1988? O que é comunismo para vocês? Onde ele existe?
Josinete Lima | 30/10/2018 23h40
Olha para quem gritava aos quatros cantos que iria preserva a constituição, estou besta com esta proposta. Bora dá uma lida na constituição primeiro.
<< < 1 2 3 4 5 6 7 > >>

Comentar

Ainda restam caracteres.

Declaro que estou ciente e aceito integralmente o termo de uso.

Para solicitações – correção, pedido de material ou esclarecimento de dúvidas – entre em contato pelo Fale Conosco.