Comissão da reforma política aprova relatório sobre democracia direta

02/05/2017 19h35
Jeferson | 04/05/2017 18h58
Hoje tive recebi uma informação preocupante. Dentre as reformas políticas que estão em vista, o presidente da câmara sancionou um Ato presidencial que determina criação de uma comissão para avaliar a PEC-77/2003, que tem como objetivo enquadrar as eleições de todos os cargos no mesmo ano. A questão é, se aprovada esta emenda, com este item, poderá causar o cancelamento das eleições de 2018, ficando tudo para 2020? Poderá se tornar uma manobra política do governo atual para se manter no poder? Avaliem esta situação e tirem suas próprias conclusões
Maria Luiza Rodrigues | 03/05/2017 09h30
O que precisa ser mais explicitado, é como esta reforma se dará. Apesar de considerá-la a mãe de todas as reformas, ainda tenho receios que possa beneficiar somente os que estão parlamentares. Enquanto não se reduzir o número de partidos, alto custo das campanhas, e o fim de reeleição para todos os níveis, veremos sempre o mais do mesmo. Depois de tudo que temos assistido, tem que ser muito ingênuo em acreditar em boa intenção de político. O POVO VOTO, O POVO QUIS, O POVO ENFIM TERÁ. Pobre população brasileira!
Juliana | 02/05/2017 21h06
Notícia pouco esclarecedora. Quais as vantagens e desvantagens da reforma política, no que tange a notícia, para o povo brasileiro?
Fabricio de A. Magalhães | 02/05/2017 20h27
Esta reforma é mais que importante, torço para que seja aprovada antes de setembro para que possa valer para as próximas eleições, parabéns deputado Vicente pela insistência em apresentar o projeto a sociedade através de programas de TV, Imprensa e seminários.
<< < 1 > >>

Comentar

Ainda restam caracteres.

Declaro que estou ciente e aceito integralmente o termo de uso.

Para solicitações – correção, pedido de material ou esclarecimento de dúvidas – entre em contato pelo Fale Conosco.