Proposta altera Constituição para criar Advocacia Pública de Estatais

13/02/2017 16h46
Marcelo Reis | 30/05/2017 13h28
Prezado Parlamenta, Parabéns pela iniciativa. O projeto irá instrumentar os advogados defensores da legalidade no âmbito das empresas estatais. Será uma forte ferramenta em combate à corrupção. Nos texto falta a inclusão do Distrito Federal entre os entes da federação. Atenciosamente, Marcelo Reis
TIAGO DIAS SOUZA | 05/05/2017 13h43
Prezado Senhor Deputado, Ou os advogados das estatais que forem aprovados em concurso público conforme os mandamentos constitucionais, exercem a advocacia em todos os casos das estatais, ou não irá adiantar nada, pois nesses dois casos que a PEC propõe vai continuar contratado advogados particulares para exercer a advocacia. Entendo que esse não é a melhor solução.
alvaro siqueira | 02/05/2017 02h56
Meu grande amigo! precisamos de advogados empregados concursados para analisar todos os atos dos gestores da adm. indireta o advogado podem ser chato mais avisa para o gestor: quer fazer assim, mais vai ter consequência. alem do q todos sabem do grande orçamento da administração indireta e todos são regidos pelo art. 37 da CF se não fosse assim qualquer um faria o que quisesse com dinheiro publico assim é facil. vejo grandes gestores q veem para o serviço publico e acham q é como o privado. e tem q t cuidado. adv da admi tem q ser concursado!!! absurdo é o grande BB oq está fazendo....
alvaro siqueira | 02/05/2017 02h49
Meu grande amigo! precisamos de advogados empregados concursados para analisar todos os atos dos gestores da adm. indireta o advogado pode ser chato mais avisa para o gestor: quer fazer assim, mais vai ter consequência. alem do q todos sabem do grande orçamento da administração indireta e todos são regidos pelo art. 37 da CF se não fosse assim qualquer um faria o que quisesse com dinheiro publico assim é facil. quando era adolescente comia muito atum e minha fala q era caro hoje q trabalho vejo q ela tinha razão. adv da admi tem q ser concursado!!! absurdo o grande BB oq está fazendo....
Rosângela Barbosa Gomes | 13/02/2017 22h59
"Pelo texto da PEC, os advogados públicos não farão a defesa da estatal apenas em dois casos: quando envolver operações internacionais; e quando o quadro de advogados públicos se mostrar insuficiente para atender à demanda das ações. Em ambas as hipóteses, a contratação de advogados externos exigirá da advocacia pública a emissão de parecer prévio sobre a ação em discussão." Qual o sentido de contratar advogados externos? Ou se é para realizar tudo ou não se faz nada. Não se pode criar mais um "cabide de empregos" para pagarmos e já com estas previsões. Não vai prestar.
<< < 1 > >>

Comentar

Ainda restam caracteres.

Declaro que estou ciente e aceito integralmente o termo de uso.

Para solicitações – correção, pedido de material ou esclarecimento de dúvidas – entre em contato pelo Fale Conosco.