Comissão aprova proibição de cobrança de taxa de serviço em restaurantes por peso

11/07/2016 17h17
Luiz paulo Almeida | 12/07/2016 23h49
Deve haver regulação sim porque pensam que o consuumidor tem essa obrigação e com regulamentação ele tem como afirmar que é opcional,facultativo
Luiz paulo Almeida | 12/07/2016 23h47
Deve haver regulação sim porque pensam que o consuumidor tem essa obrigação e com regulamentação ele tem como afirmar que é opcional,facultativo
Luiz paulo Almeida | 12/07/2016 23h46
Deve haver regulação sim porque pensam que o consuumidor tem essa obrigação e com regulamentação ele tem como afirmar que é opcional,facultativo
Rodrigo Phanardzis Ancora da Luz | 12/07/2016 10h07
Em todo e qualquer restaurante, a gorjeta é sempre opcional em que o cliente só paga caso queira. Assim sendo, não vejo razões para um projeto de lei querer proibir o acréscimo de uma taxa de serviço visto que, na situação atual, cabe ao consumidor confirmar se estará de acordo na hora de efetuar o pagamento. Ademais, deve-se reconhecer há locais onde o garçom, por exemplo, serve a bebida ou a sobremesa nas mesas, quando solicitado, o que justificaria remunerá-los facultativamente. Afinal, são trabalhadores que precisam ser reconhecidos dignamente.
<< < 1 > >>

Comentar

Ainda restam caracteres.

Declaro que estou ciente e aceito integralmente o termo de uso.

Para solicitações – correção, pedido de material ou esclarecimento de dúvidas – entre em contato pelo Fale Conosco.