Câmara aprova dança e teatro como disciplinas obrigatórias da educação básica

05/08/2015 12h11
Gilbert D'Assis | 31/05/2016 14h11
Diante de tantas opiniões,sou especializado em dança acadêmica e obtive a duras penas uma formação bem ampla na área.No Brasil a dança engatinha sendo adulta,desnutrida de conplementos e seriedade.Dança na escola,quem me dera no meu tempo.Antes de eu ter noção da importância da educação falar outros idiomas e querer ser alguém.Foi a arte qur me educou não a educação que já era pobre.Depois que virei artista entendi que precisava de mais.Tenho meu projeto para integrar dança na escola e dar o suporte para que professores de ed.física possam aprender de verdade. A disposição gildassis@gmail.com
Jessica | 07/03/2016 19h28
Achei ótimo a mudança, porém em relação a dança, a educação física tem sim o direito de ministrar aula, não no formato artístico, pois não é isso que visamos, mas sim como cultura corporal, trabalhando a questão do movimento e manifestação cultural.
Ítalo Rodrigues | 04/12/2015 11h51
É preciso sim implantar as 4 áreas na escola, e não somente as artes visuais e a música. Mas é preciso que isso se torne obrigatório, e também que sejam disciplinas tratadas realmente como área de conhecimento e ministradas por profissionais licenciados na área. Nada de prof. de português ensinando Teatro, ou Prof. de Educação Física lecionando Dança. Afinal temos licenciados nessas áreas, além de que Dança é Arte, não é da competência da Ed. Física e área da saúde.
Mauro José Santin | 31/10/2015 10h13
Graças por esta Graça! Essa é uma Atitude que fomenta a Educação para todas as Vidas! Parabéns! Estamos juntos nessa Trilha, propiciando aos Brasileiros um Novo Olhar para a vida e um Rumo Novo para a Educação.
Adriana C. de Sousa | 30/10/2015 16h54
Acho lindo. Mas como ninguém vai tirar carga horária de português e matemática (com razão) pra abrir espaço pra mais duas disciplinas, sabem pra cima de que matérias supostamente "inúteis para o desenvolvimento da economia" esse negócio vai pesar, né? Srs. deputados, tornem obrigatórias as escolas em horário integral antes de ficar inventando moda, porque de boa intenção assim o inferno infelizmente tá lotado... ¬¬
Rogeria Zago | 30/10/2015 07h51
Achei ótima a ideia, pois sou professora de danças urbanas das oficinas da Movimentação Cultural da minha cidade e estudo Pedagogia.
Ader | 29/10/2015 20h21
Criar mais matérias não melhora a educação, precisamos investir na formação básica primeiro que atualmente esta muito precária!!
andre santa rosa | 28/10/2015 10h42
Excelente iniciativa. costumo dizer que a arte tem o condão de tirar da marginalidade estas crianças que hoje se voltam apar a vida criminosa. Falo como advogado criminalista que sou Ator profissional e Licenciando em Teatro.
Aerson | 27/10/2015 17h28
Confesso que não li e acredito que poucos leram o projeto na íntegra, porém acredito que a melhor maneira de executar este tipo de determinação seria disponibilizar todas estas atividades num mesmo horário para todas as séries que participariam, em turmas diferentes, então o aluno teria o direito de escolher, a cada ano, a atividade que quer fazer.
Joelma Caetano | 27/10/2015 16h06
É necessário lembrar que é preciso contratar um profissional especializado para tal trabalho. O pedagogo não foi formado para tal função.
<< < 1 2 3 > >>

Comentar

Ainda restam caracteres.

Declaro que estou ciente e aceito integralmente o termo de uso.

Para solicitações – correção, pedido de material ou esclarecimento de dúvidas – entre em contato pelo Fale Conosco.