Projeto isenta motoboys e mototaxistas de IPI na compra de moto

21/05/2012 16h00
LUIS RENATO | 28/05/2012 14h38
PARABENS AO DEPUTADO QUE ESTA PREUCUPADO COM O CONFORTO E A SEGURANÇA DE QUEM UTILIZA O SERVIÇO DE MOTOTAXIS POIS AI NÃO AVERA MOTOS VELHAS RODANDO POR AI NESTA FUNÇÃO OBS SOBRE O COMENTARIO DO CIDADÃO SOBRE ACIDENTES A SEGURANÇA PUBLICA É QUEM TERIA QUE FISCALIZAR MAIS POIS A MUITOS IDIOTAS PILOTANDO UMA MOTO POR AI POIS ISTO NÃO ACONTEÇE COM OS MOTOTAXIS E MOTOBOYS POIS TEM CURSO E SÃO ABILITADOS
Agência Câmara | 24/05/2012 10h11
Prezado Samuel, A Tabela de Incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados (TIPI), disponível no site da Receita Federal, prevê a incidência de IPI sobre motocicletas, com alíquotas variando entre 15% e 35%. A informação pode ser consultada na Seção XVII (material de transporte), nota de seção 87 (veículos automóveis, tratores, ciclos e outros veículos terrestres, suas partes e acessórios), item 87.11 (motocicletas e outros ciclos equipados com motor auxiliar, mesmo com carro lateral; carros laterais).
Paulo Francisco | 23/05/2012 09h49
O deputado Laércio deveria primeiro se preocupar em construir mais hospitais com especialidade em ortopedia, depois disto facilitaria a venda de motos para transporte de passageiros. Em toda pesquisa de atendimento em hospitais, mais de 90% é em consequência de acidente de moto e a população é quem sofre e paga as contas deste atendimento.
samuel straioto | 23/05/2012 08h14
O projeto é bom, porém não existe IPI para motos. O imposto correto é COFINS
Rogerio F .de Moraes | 22/05/2012 19h10
Sou mototaxista há 12 anos e o que noto é que de acordo com o bio tipo dos brasileiros (mais altos e mais gordos )essamoto de 125cc torna-se imcapais de transportar-mos certos clientes, chegando as vezes a ter que recusar a corrida porque amortecedores e outros componetes de moto de 125 cc não suportam tal peso. Faço sugestão que esseprojeotseja revisto pelo menos nesse aspecto seria viável uma moto de no mínimo 250cc ok ?
Ricardo Marciano Fonseca de Melo | 22/05/2012 08h33
Obs em nosso trabalho hoje a moto de apenas 125 cilindradas acaba sendo fraca e em alguns casos nos põe em situação de risco quando pegamos rodivias para fazer entregas eu tinha uma 125 cc e tive que trocar por uma 250 cc para não ficar em apuros com as carretas na rodovia e quanto ao combustivel renovavel só temos motocicletas movidas a gasolina atualmente, protanto é nessessario uma alteração neste projeto ou continuaremos na mesma situação.
<< < 1 > >>

Comentar

Ainda restam caracteres.

Declaro que estou ciente e aceito integralmente o termo de uso.

Para solicitações – correção, pedido de material ou esclarecimento de dúvidas – entre em contato pelo Fale Conosco.