Caso Galdino: Justiça para Afirmar os Direitos Humanos

Caso Galdino: Justiça para Afirmar os Direitos Humanos

Brasília, 07 de novembro de 2001

Deputado Nélson Pellegrino

Presidente da Comissão de Direitos Humanos

O julgamento dos responsáveis pela morte de Galdino Jesus dos Santos se reveste de especial importância para os direitos humanos por ter se tornado um episódio simbólico da violência contra os excluídos da sociedade.

Atear fogo a um ser humano à guiza de brincadeira de jovens com acesso a valores humanistas, conhecimentos e recursos materiais evidenciou o preocupante grau de introjeção da violência e do desprezo à vida em nossa sociedade.

O desrespeito aos povos indígenas também se revelou de forma brutal. Ao vir a Brasília para mais uma gestão no sentido de resgatar um pouco da dignidade e das terras subtraídas do seu povo pataxó, um líder da mesma nação que recepcionou Pedro Álvares Cabral é forçado a dormir na rua, onde foi queimado vivo.

O assassinato de Galdino também jogou luz sobre a prática cruel da qual ele foi vítima. Muitos moradores de rua têm sido martirizados da mesma forma nas cidades brasileiras.

Sem ânsia vingativa mas vigilantes para que a impunidade tão recorrente neste país não prevaleça nesse caso emblemático, esperamos que a Justiça seja feita, para assinalar o compromisso da nossa sociedade com os valores humanistas e para inibir novos homicídios como esse, que horrorizou o Brasil e sensibilizou a opinião pública internacional.

Ações do documento