Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Portal da Câmara dos Deputados

  • Retorne o texto ao tamanho normal
  • Aumente o tamanho do texto

Navegação Global

Câmara dos Deputados
Você está aqui: Página Inicial > Responsabilidade Social > EcoCâmara > Uso racional de energia elétrica

Uso racional de energia elétrica

Crie seu programa de conservação de energia

Economizar energia elétrica, em casa ou no trabalho, é bem mais fácil do que se costuma imaginar. Pequenas providências fazem uma diferença considerável e, além de reduzirem os riscos de apagões, podem trazer uma diminuição significativa no valor da conta de luz.

 

GELADEIRA E FREEZER

(30% do consumo de energia doméstico)
A geladeira deve ficar num lugar ventilado, fora do alcance do sol, do fogão e de outras fontes de calor. É preciso deixar livre um espaço mínimo de 15cm dos lados, acima e no fundo da geladeira ou do freezer.

Deixe a geladeira aberta pelo menor tempo possível. Procure retirar de uma só vez os alimentos que vai usar.

Mantenha a borracha de vedação em bom estado, para evitar que o ar frio escape.

Não ponha na geladeira alimentos ainda quentes.

No inverno, regule o termostato para uma posição menos intensa de frio.

Mantenha limpas as serpentinas.

Quando se ausentar de casa por longos períodos, esvazie a geladeira e o freezer e desligue a tomada.

Não forre as prateleiras com vidros ou plásticos porque isso dificulta a circulação do ar.

Nunca pendure roupas na parte de trás da geladeira.

 

CHUVEIRO ELÉTRICO (25% do consumo)

Procure manter a chave de potência na posição "verão", Na posição "inverno", o consumo é 30% maior.

Evite tomar banho quente no horário de pico, das 17h às 22h.

Feche a torneira enquanto passa sabão.

Conserve limpos os orifícios do chuveiro por onde a água passa.

Jamais reaproveite uma resistência queimada. Além de aumentar o consumo, isso pode ser perigoso.

Condomínios fechados e blocos de apartamentos teriam uma economia expressiva se os chuveiros passassem a ser alimentados pela energia solar.

 

 

ILUMINAÇÃO (20% DO CONSUMO)

Procure usar lâmpadas fluorescentes compactas ou circulares. Elas custam mais que as incandescentes, mas sua vida útil é até dez vezes mais longa e seu  consumo, 85% menor. A retirada de uma lâmpada  incandescente de 100w por residência traria uma economia de 10,6% no consumo residencial ou uma queda de 3% no consumo total do país.

Use lâmpadas adequadas para cada tipo de ambiente. Excesso ou falta de luminosidade prejudicam a visão.

Durante o dia, abra bem as janelas, cortinas e persianas para que a casa ou local de trabalho sejam iluminados pela luz solar.

Teto e paredes internas aproveitam  melhor a iluminação artificial de cores claras.

Use iluminação direta para leitura e trabalhos manuais.

 

MÁQUINAS DE LAVAR (5% do consumo)

Só use a máquina depois de juntar uma quantidade de roupas que a permita trabalhar na capacidade máxima indicada pelo fabricante.

Limpe periodicamente o filtro das lavadoras de roupas e de louças.

Use a quantidade correta de sabão ou detergente para a máquina não ter de enxaguar as roupas além do tempo necessário.

 

FERRO ELÉTRICO (5% do consumo)

Para não desperdiçar energia, acumule uma quantidade razoável de roupas e passe de uma vez só.

Siga as instruções de temperatura para cada tipo de tecido. Passe primeiro as roupas que requerem temperaturas mais baixas.

Evite ligar o ferro quando vários aparelhos estiverem ligados. Ele sobrecarrega a rede elétrica.

 

AR CONDICIONADO E VENTILADOR

Para o ar condicionado que fica ligado em média dez horas por dia, o valor economizado pode chegar a 20%, dependendo da potência do equipamento, que varia de 7.500 a 18.500 BTUs. Não é difícil escolher os modelos mais econômicos. Eles sempre exibem o selo do Procel/Inmetro, que atesta a tecnologia voltada para a eficiência energética.

Dimencione a potência do aparelho para o tamanho do ambiente.

Regule o termostato para evitar o frio excessivo.

Periodicamente, limpe os filtros do ar condicionado. A sujeira prejudica a passagem do ar e força o aparelho.

Ao ligar o ar condicionado, feche portas, janelas, cortinas e persianas, para evitar o calor do sol.

Só  ligue ar condicionado ou ventiladores quando estiver no ambiente refrigerado ou ventilado.

 

TELEVISÃO

Não deixe a TV ligada quando não estiver assistindo e evite dormir com o aparelho ligado.

Dê preferência a aparelhos que tenham timer ( função para desligamento automático ).

Ao comprar um televisor, procure se informar sobre o seu consumo de energia. Ele é menor nos aparelhos mais modernos.

 

FIAÇÃO

Use fios de diâmetro correto para cada finalidade.

Não emende fios de espessuras diferentes.

Jamais deixe os fios mal emendados, desencapados  ou mal isolados.

 

OUTRAS PROVIDÊNCIAS

Sempre dê preferência a eletrodomésticos com o selo Procel de Economia de Energia.

Quando sair em viagem longa, desligue a chave geral da casa. Não é só uma medida de economia, é também de segurança, além de prolongar a vida útil dos aparelhos.

Procure manter os aparelhos elétricos desligados no horário de pico ( das 17às 22h ), quando comprometem a rede e oneram mais a conta.

Evite o uso de benjamins (Ts). As tomadas esquentam e desperdiçam energia.

Utilize os aquecedores centrais com controle de temperatura. O aquecedor deve ser instalado perto dos pontos de consumo, isolando-se adequadamente as canalizações de água quente. Quanto melhores as condições de isolamento, menor o consumo de energia.

 


Fontes de Pesquisas: Aneel, Light

Informações de Apoio

Mapa do Portal