Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Portal da Câmara dos Deputados

  • Acessível em Libras
  • Retorne o texto ao tamanho normal
  • Aumente o tamanho do texto

Navegação Global

Câmara dos Deputados
Você está aqui: Página Inicial > Comunicação > Rede Legislativa de Rádio e TV > Notícias > Mais nove cidades têm sinal aberto de TVs legislativas

Mais nove cidades têm sinal aberto de TVs legislativas

A Rede Legislativa não para de crescer: mais nove canais de TV digital são inaugurados em 2016. Para o novo ano, dezenas de câmaras municipais e assembleias estaduais se preparam para instalar suas emissoras.
01/01/2017 00h00

Nove cidades receberam a Rede Legislativa de TV em 2016, num total de 42 contempladas com sinal aberto digital das emissoras do Poder Legislativo por todo o Brasil. Em cada cidade, a população pode acompanhar gratuitamente as programações de ao menos três das seguintes emissoras: TV Câmara federal, TV Senado, TV Assembleia estadual e TV Câmara municipal.

Com a inauguração dos canais em Belém e Maceió, já são 20 as capitais que integram a Rede Legislativa, presente em Brasília, Belo Horizonte, Boa Vista, Cuiabá, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Macapá, Manaus, Natal, Palmas, Porto Alegre, Rio Branco, Salvador, São Luís, São Paulo e Vitória.

No interior de São Paulo, novos canais em Botucatu, Franca, Jundiaí e São José do Rio Preto somam-se aos de Assis, Bauru, Barretos, Campinas, Jaú, Jacareí, Marília, Mogi das Cruzes, Piracicaba, Ribeirão Preto, Sorocaba e Tupã. Em Minas Gerais, Pouso Alegre inaugurou seu canal e se juntou a Sete Lagoas, Uberaba e Uberlândia, que já operavam. Também iniciaram suas transmissões Barreiras, na Bahia, e Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro.

Além desses, serão inaugurados em breve os canais de Lavras (MG); Bagé, Pelotas, Santa Maria e Passo Fundo (RS); Araras (SP); Campina Grande (PB); Teixeira de Freitas (BA) e Santos (SP).

Estão em fase avançada de instalação as operações em Recife (PE); Goianésia e Jataí (GO); Poços de Caldas, Três Corações e Ubá (MG); Arapongas (PR); Blumenau (SC) e Erechim (RS), que devem inaugurar suas emissoras neste semestre.


Crescimento

A Rede Legislativa de TV possui mais 82 canais autorizados pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. As câmaras municipais parceiras da Rede Legislativa nas cidades onde há consignação se preparam para colocar as emissoras no ar. Outros 372 canais foram solicitados pela Câmara dos Deputados ao Ministério para dar prosseguimento à expansão da Rede.

Há expectativa de que, nos próximos meses, o Senado, importante parceiro da Rede por ter assumido as transmissões em 13 capitais do País, inicie as operações no Rio de Janeiro e em Curitiba, Campo Grande, Teresina, Porto Velho e Aracaju.

Mais de 50 milhões de brasileiros têm a possibilidade de assistir, de forma gratuita, às programações das emissoras de TV do Poder Legislativo municipal, estadual e federal. Com a Rede Legislativa, o cidadão tem acesso aos trabalhos parlamentares e pode acompanhar discussões e debates sobre temas de seu interesse.


Rádio

No ar em três cidades, Brasília (DF), Cuiabá (MT) e Bauru (SP), a Rede Legislativa de Rádio encerrou 2016 com a inauguração da Rádio Câmara Teixeira de Freitas (BA), cujo sinal, apenas na Internet, irá ao ar nos próximos dias.

Agora, estão sendo preparadas as operações de mais nove canais, em São Luís e Belém, em parceria com as assembleias do Maranhão e do Pará, e em Desterro do Melo, Pouso Alegre e Uberaba (MG); Jataí (GO); Rondonópolis (MT); Campos dos Goytacazes (RJ) e Balneário Camboriú (SC), em parceria com as câmaras municipais.

Ainda no primeiro semestre, planejam inaugurar suas rádios as câmaras municipais de Chapadinha e São João dos Patos (MA); Dourados (MS); Itamarandiba (MG) e Penápolis (SP). Preparam-se também para a instalação de suas emissoras Ourinhos (SP) e Joinville (SC).

Com enorme potencial de crescimento, a Rede Legislativa possui 124 canais de FM autorizados a entrar no ar e outros 311 canais solicitados pela Câmara dos Deputados ao Ministério das Comunicações, incluindo grandes capitais como Rio de Janeiro e São Paulo.

 

 

 

Informações de Apoio

Mapa do Portal