Câmara comemora centenário de nascimento de Ulysses Guimarães

Sessão solene, documentário, exposições e concursos de vídeos e reportagens estão entre as atividades que homenagearão o parlamentar até outubro de 2017.

 

 

Nesta quinta-feira (6), uma sessão solene deu início às celebrações da Câmara dos Deputados pelo centenário de nascimento de Ulysses Guimarães, ocorrido na mesma data. Foram convidados parentes, amigos e parceiros de Ulysses, além de parlamentares e outras autoridades que conviveram com ele em diferentes períodos. Durante a sessão, foram lançados o selo comemorativo elaborado pelos Correios, um documentário produzido pela TV Câmara e uma edição especial da série Perfil Parlamentar, assinada pelo jornalista Luiz Gutemberg (Edições Câmara). Em seguida, foi inaugurada exposição que ilustra o pensamento de Ulysses sobre democracia e liberdade, com trechos de discursos e entrevistas acompanhados por imagens registradas pelo fotógrafo Orlando Brito ao longo de mais de 30 anos. 

Até outubro de 2017, a Câmara pretende realizar várias outras ações em homenagem a Ulysses, como colóquios, concursos de vídeos e reportagens e lançamento de publicações dirigidas aos estudantes. O calendário comemorativo foi organizado em parceria com a Fundação Ulysses Guimarães, que ofereceu suporte na pesquisa histórica e na viabilização de diversas atividades.

O documentário

Dividido em três episódios, o documentário Senhor Deputado Ulysses Guimarães, dirigido pelo jornalista Roberto Seabra, narra, na primeira parte, a chegada de Ulysses ao mundo da política, ainda nos anos 1940, até sua consagração como líder da oposição ao regime militar, em meados dos anos 70. 

O segundo episódio mostra a luta de Ulysses e do MDB, partido que presidiu por mais de vinte anos, pela redemocratização. Lembra a campanha pelas Diretas-Já, a eleição de Tancredo Neves pelo Colégio Eleitoral e o drama da morte do presidente eleito, encerrando com a Assembleia Nacional Constituinte, da qual Ulysses foi presidente.

A terceira e última parte do documentário mostra a participação de Ulysses nas eleições presidenciais de 1989, quando amargou sua única derrota eleitoral, e sua presença destacada no processo de impeachment do presidente Fernando Collor. 

Entre os entrevistados, estão os deputados Heráclito Fortes,  Jarbas Vasconcelos, José Fogaça e Miro Teixeira; os jornalistas Luiz Gutemberg e Jorge Bastos Moreno; a cientista política Lúcia Hipólito; o fotógrafo Orlando Brito; o advogado e ex-governador de São Paulo, Cláudio Lembo; a cantora Fafá de Belém; Marco Aurélio, ex-proprietário do restaurante Piantella; e Tito Enrique, enteado de Ulysses, filho de D. Mora.

A TV Câmara também está produzindo vários programas e debates em homenagem a Ulysses, que incluem uma série de entrevistas com o presidente da República, Michel Temer; o ex-presidente José Sarney; o ex-deputado Ibsen Pinheiro; e o Ministro Moreira Franco, entre outros convidados.

A exposição

A mostra ULYSSES | 100 ANOS reúne registros de momentos marcantes da trajetória de Ulysses Guimarães em sua defesa da democracia e da liberdade. Ao lado de imagens gentilmente cedidas pelo fotógrafo Orlando Brito, estão reunidos trechos de discursos e entrevistas que retratam o pensamento de Ulysses sobre o combate à censura e a importância da ética na política. A exposição, montada em parceria com a Fundação Ulysses Guimarães, dá especial destaque ao pronunciamento de promulgação da Constituição de 1988. A curadoria é do jornalista Clauder Diniz.  

 

SERVIÇO

Documentário: Senhor Deputado Ulysses Guimarães (3 episódios de 20 min.)

Estreia: sexta (7), às 21h30, na TV Câmara

Direção: Roberto Seabra

Produção: Pedro Henrique Sassi e Lia Tavares

Direção de montagem: Guilherme Bacalhao

Montagem: Guem Takenouchi

Fotografia: André Amaro

Arte: Tiago Miolo

Imagens: Cícero Bezerra, Cláudio Adriano, Flávio Estevam e Ulov Flamínio

Trilha sonora original: Alberto Valério

Exposição: ULYSSES | 100 ANOS

Visitação: de 6 de outubro a 11 de novembro, das 9h às 17h, no corredor de acesso ao Plenário da Câmara

Curadoria: Clauder Diniz

Consultoria histórica: Marcela Tagliaferri

Apoio: Fundação Ulysses Guimarães

Ações do documento