20/08/2018 13h00

Vacinação no Brasil

Doenças erradicadas voltam a assustar e o brasileiro não tem ido se vacinar

Incorporar:
A visualização e/ou o uso deste material está condicionada pelos Termos de Uso do Câmara Notícias.

O Ministério da Saúde realiza atualmente a campanha de vacinação contra a poliomielite e o sarampo.

Doença que havia sido erradicada do Brasil, o sarampo agora é considerado epidemia. Desde 1990, o Brasil está livre da poliomielite, mas essa e outras doenças como coqueluche, difteria e hepatite A não atingiram a meta de imunização vacinal da Organização Mundial de Saúde e vem preocupando as autoridades sanitárias. As vacinas fazem parte da caderneta de vacinação infantil.

Situações como a vinda de venezuelanos para o Brasil ou a volta de brasileiros que visitaram a Rússia por causa da Copa do Mundo - países onde o sarampo ainda não havia sido erradicado – e a baixa procura por vacinas pela população: quais as razões para o retorno de doenças ao Brasil, que sempre foi considerado referência mundial na produção de vacinas e imunizações?

Qual a eficácia das vacinas e quem precisa ser imunizado?

Convidados:

– Drª Ana Goretti, representante do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde;
– Drº Humberto Lucena, vice-presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass);
– Deputado federal e médico sanitarista Jorge Solla (PT-BA).

Perguntas, críticas e sugestões: 0800 619 619, e-mail participacaopopular@camara.leg.br, Twitter @participacaopop e WhatsApp (61) 99620-2573.

Siga-nos também no YouTube e em outras redes sociais:

http://www.facebook.com/camaradeputados
http://www.twitter.com/camaradeputados