Você está aqui: Página Inicial > Comunicação > Câmara Notícias > TV Câmara > Participação Popular > Para onde vai o lixo da sua cidade?
14/02/2014 17:39 - Duração: 00:59:37

Para onde vai o lixo da sua cidade?

Ao baixar e usar o vídeo, você automaticamente declara estar de acordo com o Termo de Uso.

O Brasil está muito atrasado quando se trata de lixo. Dados do governo mostram que 78% dos municípios, que produzem cerca de 42% dos resíduos sólidos do país, ainda utilizam lixões. E apenas 1% é coletado separadamente pelas prefeituras e reciclado pela indústria.

Só para se ter uma ideia, a cidade de São Paulo produz 13 mil toneladas de lixo por dia, que são jogadas em lixões sem nenhum critério. Outras 7 mil toneladas são resíduos de construção civil, saúde, etc. O atual prefeito, Fernando Haddad, promete mudar esse quadro herdado das últimas administrações. E o prefeito da sua cidade, anda se preocupando com o lixo? Se não, hora de cobrar dele. O Congresso Nacional aprovou a Lei dos Resíduos Sólidos em 2010, depois de 20 anos de discussões.

Os municípios têm até agosto deste ano para acabar com os lixões, mas agora alegam que não têm capacidade de colocar a lei em prática. Mas por que não? É preciso organizar a coleta seletiva, instalar usinas de reciclagem e depositar o material orgânico em aterros sanitários. Faltam recursos ou vontade política? O que você pode fazer para colocar esta lei para funcionar? Até agora apenas 300 municípios conseguiram solucionar o problema dos lixões.

O Participação Popular é apresentado por Fabricio Rocha na TV Câmara e também na Rádio Câmara, às 18h, ao vivo. Participe, mande sua pergunta para o 0800-619619, para o email participacaopopular@camara.leg.br ou pelo twitter @participacaopop.


  • Compartilhar no Orkut


Comentários

Haroldo Oséias de Almeida | 18/02/2014 12:11
Por causa do Brasil não tem aparato técnico suficiente para atender a demanda em adequar os municípios a Política de Resíduos Sólidos, e isso fez com que ate agora menos da metade das cidades conseguiram atender os critérios? Para conseguir chegar aos objetivos da Política de Resíduos Sólidos, muitos municípios se uniram em consórcios, seria ideal que aproveitasse esta articulação para atuar em outros problemas de gestão ambiental existentes nas cidades? Sugestão ao Consorcio do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos dos Municípios da Bacia do Rio São Francisco, Polo Delmiro Gouveia.
  • TV Câmara
    Expediente
    Disque-Câmara: 0800 619 619

Mapa do Portal