Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

  • Retorne o texto ao tamanho normal
  • Aumente o tamanho do texto

Navegação Global

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > TV Câmara

Participação Popular destaca exame da OAB

19/08/2011 18:01 - duração: 01:00:58
    • Conexão padrão320x240
    • Baixar padrão320x240
    • Conexão alta720x480
    • Enviar este vídeo
    • Incorporar:

Para assistir ao vídeo, você precisa ter instalado o Windows Media Player (ou VLC).
Ao baixar e usar o vídeo, você automaticamente declara estar de acordo com o Termo de Uso.

Neste domingo (21/08), 21.840 candidatos participam da segunda fase de mais uma edição do exame da Ordem dos Advogados (OAB). O número equivale a apenas 18% do total de 121.309 inscritos. Os outros candidatos foram eliminados já na primeira fase da prova por reprovação ou abstenção.
A aprovação no exame é requisito para o exercício da profissão de advogado, mas o alto índice de reprovação, que chegou a 88,275% em sua última edição, tem decepcionado os participantes e levou à discussão da legalidade do exame à Justiça. O Supremo Tribunal Federal (STF) analisa processo que questiona a exigência da prova para os advogados, e parecer do Ministério Público considerou o exame inconstitucional.
Os defensores da obrigatoriedade da prova afirmam que a OAB tem que manter o controle rígido porque a atividade do advogado tem caráter público e que as reprovações são consequência da baixa qualidade do ensino superior. Já os críticos afirmam que o exame é inconstitucional e acusam a Ordem de fazer reserva de mercado ao aplicar uma prova com “pegadinhas” que induzem ao erro.



Comentários

Higgor Vago | 25/05/2012 10:47
sinceramente e um absurdo isso, se o cara estuda 5 anos tem o dever de passar, se não passa, NÃO ESTA APTO, está certo tem que regular e fiscalizar, com essa baixa qualidade das faculdades brasileiras, tem faculdade que nem se quer conseguiu aprovar um aluno, tem gente que se forma e não sabe nada, argumento que eles utilizam "a estudei 5 anos e n posso exercer”, você ñ esta apto, vai fazer cursinho, vai se dedicar mais e presta o exame de novo, a realidade e que o ensino brasileiro e decadente, onde um recém formado da aula em faculdade, sem nem mestrado ou especialização.
jandilson de albuquerque cordeiro | 25/10/2011 22:29
Essa Elizabete rufino, é dquela alunas que decorou tudo, mas não sabe pensar,se tivesse censo, não falava uma bobagem dessa , acho melhor ela estudar, porque com esse pensamento, se vou for defender um preso,vai ficar ele e preso trancafiado, vai dizer babaquisse assim em tua casa, enão em um site.
NILSON ALVES DE BRITO | 20/09/2011 21:35
...Reserva de mercado é muito pouco, é arrecadação descarada mesmo, atentem para os valores das inscrições, é um absurdo em comparação com outros concursos...

Mapa do Portal